Palhaços

Há umas dezenas de anos, na época da coexistência de blocos militares, um tribunal dos States absolveu um cidadão que chamara “turco” a outro porque chamar turco a alguém não era insulto, uma vez que os turcos eram “nossos amigos e aliados na Nato”.

Por esta ordem de ideias, chamar “palhaço” a alguém, sendo palhaço uma profissão digna e respeitada, também não deveria ser considerado insulto, mas Daniel Oliveira reporta já ter sido condenado por chamar “palhaço rico” a Jardim…

Esta pequena polémica está a dar para perceber que Miguel Sousa Tavares e Aníbal Cavaco Silva têm ambos clubes de fãs de grande dimensão.

Miguel Sousa Tavares distorce por vezes os factos, não sei se conscientemente, para fundamentar as suas opiniões, e há muito boa gente que não lho perdoa.

Aníbal Cavaco Silva tem um estilo que nas circunstâncias concretas do exercício do seu presente mandato, não favorece a popularidade. Registo a seu favor, no mandato anterior, a prolongada resistência ao reconhecimento do Kosovo e no actual a crítica a metas orçamentais baseadas em percentagens do PIB e a denúncia da espiral recessiva. Estas posições são inteiramente coerentes com o seu ensino, a forma de exercício dos poderes presidenciais é que não é vista como coerente com as suas posições, e aí há também muito boa gente que não lho perdoa.

Bem vistas as coisas, Cavaco Silva tem uma experiência política limitada. Se tivesse sido Presidente de uma Câmara qualquer …

Advertisements

Sobre ivogoncalves

64 anos Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia, Mestre em Administração e Políticas Públicas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Doutor em Sociologia, especialidade de Sociologia Política, pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Detém Diploma de Estudos Avançados (3º Ciclo) em História Moderna e Contemporânea da mesma instituição. Domínios de actividade profissional: Gestão Orçamental Pública, Auditoria e Fiscalização, Recuperação de Empresas como dirigente, técnico ou consultor e formador. Outros domínios de interesse: Sistemas de Informação. Docente do ensino superior de Setembro de 1976 a Maio de 1985 no Instituto Superior de Economia, e de Outubro de 1985 a Julho de 2010 no Instituto Superior de Gestão (integrado actualmente no Grupo Lusófona). Membro nº 15 da Ordem dos Economistas. Pertence ao Colégio de Economia Política e ao Colégio de Auditoria. Membro nº 1385 do Instituto Português de Auditoria Interna. Sócio nº 20831 da Sociedade de Geografia de Lisboa.
Esta entrada foi publicada em Cidadania. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s