Uma greve geral inorgânica ?

Desde o grande protesto (inorgânico)  de 15 de Setembro que se tem vivido um ambiente de descompressão no movimento de contestação da “austeridade”, com   o reconhecimento do seu carácter essencialmente espontâneo e multipolar e, para os mais disponíveis, com a adopção de uma atitude “vamos a todas”.

A CGTP que tirou erroneamente de um Terreiro do Paço “cheio” a conclusão  de que estaria garantido o sucesso da greve geral que resolveu convocar para 22 de Março, reincide perante um “Terreiro do Povo” não assim tão cheio em 29 de Setembro. Jogou habilmente a carta da greve ibérica e do protesto europeu da Confederação Europeia de Sindicatos perante um João Proença que se estendeu ao ponto de ir ter de fazer uma greve que criticou.

Gostaria de ter um balanço preciso dos pré-avisos dos sindicatos da UGT (a comunicação social continua a confundir  “frentes” e “federações”) . Os TSD parecem, tal como em 2011, estar fora. O STE para emitir pre-aviso consultou os seus associados. O último comunicado do secretariado da UGT é de uma enorme desfaçatez:

 Existem motivos para muitos Sindicatos entenderem não ser este o momento para uma greve (mesmo que tenham depositado pré-avisos para melhor defenderem os seus associados que a queiram fazer), quer por razões ligadas à génese desta greve, quer por entenderem que melhor defendem o interesse dos seus filiados seguindo a via do diálogo ou promovendo acções de luta noutras datas.

Sinceramente, parece-me preferível que a UGT não esteja nisto. A experiência mostra que só se envolve para ganhar capacidade de negociação para o day after.

Quanto aos pre-avisos de 60 sindicatos independentes em vão os procurei no site da CGTP que em 2010 publicava escrupulosamente todos os anúncios de sindicatos que aderiam à greve geral ou convocavam paralisações coincidentes sem  adesão expressa. O espírito unitário decresceu expressivamente  com a saída de Carvalho da Silva.

Aliás a informação que a CGTP vem divulgando, embora com palavras de ordem bastante felizes nestes últimos dias, é muito pouco precisa em termos de expectativas de paralisação.

No meio disto tudo Jerónimo de Sousa veio opor as potencialidades do movimento organizado, tipo greve geral da CGTP,  ao protesto inorgânico, tipo 15 de Setembro.

No entanto seria bom que percebesse que o presente movimento pode ter algum sucesso justamente porque os protestos inorgânicos fizeram muitos ganharem o gosto da acção colectiva.  E não se confunda sucesso com o meter férias por não poder ir trabalhar por falta de transportes.

Anúncios

Sobre ivogoncalves

65 anos Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia, Mestre em Administração e Políticas Públicas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Doutor em Sociologia, especialidade de Sociologia Política, pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Detém Diploma de Estudos Avançados (3º Ciclo) em História Moderna e Contemporânea da mesma instituição. Domínios de actividade profissional: Gestão Orçamental Pública, Auditoria e Fiscalização, Recuperação de Empresas como dirigente, técnico ou consultor e formador. Outros domínios de interesse: Sistemas de Informação. Docente do ensino superior de Setembro de 1976 a Maio de 1985 no Instituto Superior de Economia, e de Outubro de 1985 a Julho de 2010 no Instituto Superior de Gestão (integrado actualmente no Grupo Lusófona). Membro nº 15 da Ordem dos Economistas. Pertence ao Colégio de Economia Política e ao Colégio de Auditoria. Membro nº 1385 do Instituto Português de Auditoria Interna. Sócio nº 20831 da Sociedade de Geografia de Lisboa.
Esta entrada foi publicada em Cidadania, Empresas, Movimentos sociais. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s