O PREMAC e a extinção do INA: a infelicidade de se chamar “Instituto”

O Instituto Nacional de Administração  (INA) vai ser extinto no quadro do PREMAC. Ainda pensei que fossem integrá-lo com a Direcção-Geral de Administração de Emprego Público (DGAEP) mas esta não é extinta. Surge é uma nova estrutura , coexistente com a Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público, e que se chamará Direcção-Geral da Qualificação do Emprego Público.

O INA, criado em 1979 e a quem a Universidade cortou as veleidades de fazer formação integrada no sistema nacional de educação, tem uma fortíssima tradição no domínio da formação de curta duração de pessoal técnico, tendo absorvido a dada altura os serviços de formação da ex- Secretaria de Estado da Administração Pública, e estando a garantir desde há alguns anos ciclos de formação de técnicos superiores – com entrada directa para a Administração Publica –  e de dirigentes, inclusive no domínio da alta direcção. Uma formação não apenas direccionada para a frequência de funcionários.

E para além da formação, o INA, que conta com alguns doutorados no seu corpo técnico, abordou em seminários e debates especializados muitos temas de gestão pública e até de políticas macroeconómicas, promoveu 7 congressos da Administração Pública (o 8º está agendado para Novembro), tem alguma actividade no domínio da cooperação internacional e constitui a Secção Nacional do Instituto Internacional de Ciências Administrativas, ao qual  Portugal pertence desde 1928. Não estou a ver a nova Direcção-Geral suceder-lhe nestas funções.

Esteve por vezes distanciado da formulação e avaliação de políticas da Administração Pública, mas talvez esse distanciamento milite, tudo visto e ponderado, a seu favor. Di-lo quem nunca teve acesso às áreas nobres do INA e ainda hoje aguarda resposta a um pedido de colaboração num trabalho académico.  Foi presidido designadamente por Fraústo da Silva, Valadares Tavares e Correia de Campos, não sendo conotável   com áreas políticas específicas.

Aparentemente o INA foi extinto para cumprir um objectivo de extinção do maior número possível de Institutos Públicos. Quando poderia ter-lhe sido retirada a personalidade jurídica mantendo-se a denominação. Tal como o Instituto Nacional de Estatística que antes de ser “Instituto Público” se chamava já Instituto.

Numa época em que já se fazem conferências internacionais regulares sobre marketing público mudar um nome conhecido e prestigiado é destruir valor. Mas os últimos Governos que temos tido ou sabem pouco de gestão ou não sabem valorizar os activos que o Estado ainda detém.

Anúncios

Sobre ivogoncalves

65 anos Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia, Mestre em Administração e Políticas Públicas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Doutor em Sociologia, especialidade de Sociologia Política, pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Detém Diploma de Estudos Avançados (3º Ciclo) em História Moderna e Contemporânea da mesma instituição. Domínios de actividade profissional: Gestão Orçamental Pública, Auditoria e Fiscalização, Recuperação de Empresas como dirigente, técnico ou consultor e formador. Outros domínios de interesse: Sistemas de Informação. Docente do ensino superior de Setembro de 1976 a Maio de 1985 no Instituto Superior de Economia, e de Outubro de 1985 a Julho de 2010 no Instituto Superior de Gestão (integrado actualmente no Grupo Lusófona). Membro nº 15 da Ordem dos Economistas. Pertence ao Colégio de Economia Política e ao Colégio de Auditoria. Membro nº 1385 do Instituto Português de Auditoria Interna. Sócio nº 20831 da Sociedade de Geografia de Lisboa.
Esta entrada foi publicada em Cidadania, Ensino Superior, Gestão. ligação permanente.

177 respostas a O PREMAC e a extinção do INA: a infelicidade de se chamar “Instituto”

  1. tc diz:

    o ina há muito tempo que era um depósito de amigos

    • Como disse, nunca tive acesso às áreas nobres do INA, e também poderei dizer que tive ao longo de várias gerências, incluindo a actual, reacções de não-resposta.Mas o INA permitiu estruturar em várias áreas e em várias épocas, círculos de debate especializados.E sobretudo assegurou desde 2001 uma continuidade de debates sobre Administração Pública, com diferentes governos e diferentes Presidentes do Instituto.

  2. Carlos Costa Rodrigues diz:

    E aqueles cursos do CEAGP? Que não lembram o diabo? Conheço um caso específico de uma pessoa que tirou uma grande nota na prova escrita, mas depois incrivelmente foi preterido em sede de entrevista por outros candidatos com notas inferiores e de outros países da união europeia que não sabem sequer como funciona a administração pública em Portugal. Mais, enviei um e-mail a perguntar como é que poderia ter acesso à grelha das entrevistas e nem sequer me responderam a dizer, que como não era interessado não poderia naquela fase ter acesso a essa documentação. Então, mas um organismo público não está obrigado a responder a quem o financia? Desculpem lá o desabafo, mas extinguir é pouco. Deviam todos os dirigerentes do INA ir para o fundo de desemprego para ver o que a vida custa. Porque de institutos parasitários está este país farto. E não precisa deles para nada. A meu ver, esta questão do INA perca por tardia, e pode ser que os altos quadros que ali estão “depositados” comecem agora a trabalhar de facto.

    • O problema é que com a conversão do INA em Direcção-Geral da Qualificação e Emprego Público, tudo ficará na mesma.
      Para que conste: a primeira vez que o INA anunciou a abertura de cursos (lá para 1981) prestei provas e as notas ficaram retidas porque não apresentei uma declaração do meu Director-Geral a dizer que me dispensava totalmente de serviço para frequentar o curso. De facto, recusei-me a apresentar declaração porque entendia que era o INA que primeiro devia publicar os resultados.
      Foi com a Comissão Instaladora, julgo que já faleceram todos.

  3. ana diz:

    Fui aluna do ceagp. Devo dizer que esse curso é uma vergonha. Não tem um fio condutor. As disciplinas não têm o mínimo interesse.
    O que não admira, colocaram à frente do curso uma desqualificada, com pronúncia brasileira, e sem nenhuma experiência de administração pública.
    Foi um ano perdido…….

    • Os brasileiros sabem muito de Administração Pública…Mas fora de brincadeiras, não conheço a senhora em questão.

      Se a notícia fosse extinguir o CEAGP – por não poderem garantir ingresso na carreira técnica superior – seria uma opção compreensível. Extinguir o INA e passar a haver uma Direcção-Geral pode querer dizer que a nova estrutura fará apenas formação, e que haverá muitos casos como o que refere.

      Por acaso soube de dois fulanos com cargos directivos numa escola superior (oriundos das “ciências duras”) que fizeram o CEAGP para ter mais qualificações para gerir. Parece que gostaram…

    • carla diz:

      Ola
      Gostaria de falar/trocar alguns emails com alguem que tenha frequentado o curso no ceagp, sera que me pode contactar?
      carla.bcl@mail.pt

    • Ana, será que tem exames de anos anteriores do CEAGP que me possa facultar?

      Cumprimentos

      VP
      (vanessa@vanessapelerigo.com)

      • ana diz:

        Vanessa, não tenho testes de anos anteriores, mas vale a pena arranjar, porque eles repretem perguntas.
        Também dou os seguintes conselhos: quando sairem os resultados, verificar a correcção do teste, porque existem sempre respostas erradas; erros nas correcções; e outros enganos.
        No meu ano publicaram 4 listas finais! Dezenas de pessoas entraram e sairam da lista dos admitidos por erros nas correcções; a grelha de respostas também tinham vários erros.
        Pela incompetência daquela gente, esse é um período de grande stress.
        Lembro-me de um colega que ficou na primeira lista; foi excluído na segunda; reclamou e foi readmitido na terceira; e finalmente excluído na quarta lista. No ano a seguir, foi admitido na primeira lista e depois excluído na segunda. Portanto, em dois anos foi excluído, tendo sido admitido anteriormente.
        É uma vergonha!!!!!!

    • Carina Ferro diz:

      Bom dia Ana, percebo o que diz, mas as alternativas são tão escassas, que estou a pensar seriamente em me candidatar. Uma vez que concorreu com sucesso, seria possível dar algumas informações acerca da prova de conhecimentos?
      Muito obrigado

    • Susana Pinto diz:

      Bom dia, gostava de candidatar-me ao CEAGP, mas gostava de saber mais sobre se o curso é muito exigente e, se po´ssível se me poderia facultar alguns apontamentos de disciplinas para ter uma ideia. Agradeço tudo o que me possa dizer sobre o mesmo, inclusivé se tem conhecimento de bolsas, caso contrário será uma pretensão impossível por enquanto.
      Obrigado

    • Daniel diz:

      Eu estava com ideias de fazer esse curso sera que vale a pena. Gostaria de saber a sua real historia e o seu percurso.

    • paula diz:

      Olá Ana, mas depois entrou na Administração pública ou desistiu? Vou concorrer este nao

  4. artur fonseca diz:

    Tenho acompanhado a formação do ina ao longo dos últimos 20 anos. De facto, a degradação da mesma é triste, principalmente pela falta de qualidade dos programas e dos formadores.
    Espero que este governo entregue a formação às universidades e a nova Direcção tenha apenas como responsabilidade as questões ligadas à mobilidade.

  5. Ah bom, mas é que a mobilidade está entregue à GERAP…

    As universidades já fazem formação desta mas, quanto ao CEAGP, se se perceber que ninguém entra por aí para a Administração Pública, também não haverá procura.

  6. pedro diz:

    A directora do CEAGP é a Lucia Ezaguy Simões, aquela que disse ser professora doutora e, entretanto, apurou-se que só tem o 12ª ano. Fui eu que descobri. Quando estava a fazer um trabalho para o ceagp resolvi pesquisar a sua tese de doutoramento na universidade de sorbonne. Falei com uma senhora de lá que me disse que a senhora nem licencida era, que já estava farta de receber telefonemas e e.mails a perguntar pelas teses de mestrado e doutoramento que não existiam. Afinal a senhora apenas tem frequência de licenciatura. Mas ocupa um lugar que tem como exigência a licenciatura e assina como professora doutora. É uma cunha de um ministro do ps. Pedro, 2ª edição do CEAGP

    • Daniel diz:

      Ola Pedro chegaste a fazer esta formação no CEGAP. Achas que é vantajoso ou é um tiro no escuro.

      • João diz:

        Eu tirei o curso , não tem um fio condutor como já disseram aqui, parece que as matérias são em avulso.

        Entretanto concorri para imensos sitios, o curso nunca me valeu de nada.

        O fator cunha é imprescindível se quiseres ocupar um lugar an admnistraçao pública. Cheguei a impugnar um concurso porque fui ultrapasado por um individuo nao era licenciado, sem esta formaçao, mas que ja tinha já ocupado um cargo de direção. A única coisa que me arrependo é do dinheiro que gastei, tudo isto cheira-me a um negócio paa enganar incautos, desculpe lá o abafo.

  7. artur fonseca diz:

    O Secretário de Estado afirmou esta semana que o INA devia ter sido extinto, sem a criação de uma direcção geral em sua substituição, já que não exeste negócio que permita sustentar a sua sobrevivência.
    Afirmou ainda que o buraco da dívida deste instituto já superou os 1,5 milhões de euros.

  8. artur fonseca diz:

    Com a criação da aliança estratégica entre as universidades, para formação dos técnicos superiores e dirigentes, esse facto representa a entrega da formação às universidades, como era esperado, ficando o ina apenas com a mobilidade

  9. artur fonseca diz:

    Para o pedro: parece que o ceagp vai sair do ina e ser entregue às universidades. Se essa senhora apresenta documenos falsos deverá ser denunciada à policia judiciária

  10. Ana Soares diz:

    bOM DIA!

    Alguém me pode facultar exames de edições anteriores do CEAGP pf?

    anamfmsoares@gmail.com

    Muito obrigada!

    Ana Soares

  11. cs diz:

    Investi 3 anos da minha vida a preparar-me para o CEAGP. O ano passado percebi que na entrevista é q as entradas eram decididas. Não sendo o meu caso, mas vi pessoas c excelentes notas no exame q ficaram p trás na entrevista e outras c notas minimas passarem á frente c 19 e 20 na entrevista. Acho inadmissivel q um concurso q aceita todas a áreas de licenciatura priviligie na entrevista áreas em detrimento de outras.. Essa selecção deveria ser feita aquando do lançamento do concurso e antes das pessoas pagarem os 100€ de inscrição do exame e já p não falar dos 80€/módulo de preparação. Decidi concorrer ao Ceagp pq achei q era uma forma transparente de entrar na função pública mas a edição 2011/2012 fez-me mudar de ideias.

    • Janus diz:

      3 anos?!. Desculpe mas isso nao é normal. Eu estudei 3 semanas non-stop, chegou e sobrou. Deve rever a sua organização do tempo e métodos de estudo.
      Boa sorte

      • Maria Lucas diz:

        Bom Dia Janus,

        Tem alguns apontamentos, dicas, exames, ou algo que possa ajudar para a preparação para o exame de admissão?
        Se puder enviar para luquinhasmaria@sapo.pt , agradecia.

        Grata pela atenção.

      • Francisco diz:

        Boa tarde Janus, vi que estava a participar na presente edição do curso e gostaria de saber se tem algum tipo de material por onde estudou e que possa facultar ou até mesmo exames de edições anteriores.
        Escrevo em baixo o meu email caso me possa enviar alguma informação.

        Agradeço-lhe desde já,

        Francisco
        fgranjo@ymail.com

      • coasvaf diz:

        Boa noite Janus. Estou curiosa e interessada neste curso. Será possível enviar a documentação que possui? Como frequentou ou frequenta o curso, será possível facultar outras informações pertinentes acerca do processo de recrutamento durante e após o curso? Desde já grata pelas informações que possa disponibilizar. C De Freitas.
        Endereço de e-mail:
        cofreitas@sapo.pt

      • Tânia diz:

        Boa noite Janus.
        Eu já o ano passado me candidatei ao CEAGP e não consegui ultrapassar a prova de conhecimentos, voltei à carga este ano. Será que me podia ajudar na recolha de documentação para a preparação da prova? Possui os livros mencionados na bibliografia? Será que me poderia emprestar para fotocópias? Muito agradecia por qualquer ajuda ou conselhos nesta fase. Por favor contacte: taveio@hotmail.com.
        Se eu puder ajudar também em qualquer coisa disponha.

      • nidia diz:

        Podem-me enviar provas/tipo de perguntas, ou local onde possa consultar?

  12. ana diz:

    Forma transparente de entrar na AP? Ah, ah, então a “Prof. Dr” Lucia Simões põe os amigos todos. Eu sei porque vi, ninguém me contou

    • Janus diz:

      Está enganada.
      Sou um alunos que frequenta a presente edição (13ª). Entrei por mérito e sem dificuldade (fico pasmo como há notas tão miseráveis).
      Infelizmente a maior parte dos candidatos apenas se preocupa com o exame escrito e negligência a entrevista. A entrevista é indispensável para aferir a compatibilidade do percurso académico e profissional com o desmepenho de funções publicas. Por ser decisiva exige uma preparação cuidada. De qq forma a Ana deve compreender que há bastantes CVs extraordinários a concorrer e que, por vezes, o mérito próprio, mesmo que exista, é superado por concorrentes muito inteligentes e experientes que, num mercado de trabalho normal, estariam no privado a fazer dinheiro a sério.

      • Helder diz:

        Bom dia!
        Comecei agora a preparar-me para o exame da 14ª edição do Ceagp, embora ainda não tenha sido publicada a data da sua realização. Será que me pode facultar algum exame de anos anteriores para que possa ter uma ideia do tipo de questões que são feitas? Obrigado pela atenção

      • Cordeiro diz:

        Boa tarde,
        alguém me pode arranjar exames anteriores e apontamentos?
        Obrigado e boa sorte a todos

      • Ana diz:

        Boa tarde,
        Pode também enviar-me a documentação. Muito obrigada

      • coasvaf diz:

        Boa noite Janus. Estou curiosa e interessada neste curso. Será possível enviar a documentação que possui? Como frequenta o curso, será possível facultar outras informações pertinentes acerca do processo de recrutamento durante e após o curso? Desde já grata pelas informações que possa disponibilizar. C De Freitas.
        Endereço de e-mail:
        cofreitas@sapo.pt

      • Ana Soares diz:

        Boa tarde! Seria possível enviar-me alguns exames ou apontamentos? Estou inscrita para o concurso deste ano mas a trabalhar em simultâneo e complicado….

        O meu email e anamfmsoares@gmail.com

        Obrigada!

      • Tânia diz:

        Boa noite Janus.
        Eu já o ano passado me candidatei ao CEAGP e não consegui ultrapassar a prova de conhecimentos, voltei à carga este ano. Será que me podia ajudar na recolha de documentação para a preparação da prova? Possui os livros mencionados na bibliografia? Será que me poderia emprestar para fotocópias? Muito agradecia por qualquer ajuda ou conselhos nesta fase. Por favor contacte: taveio@hotmail.com.
        Se eu puder ajudar também em qualquer coisa disponha.

  13. Maria diz:

    Poderá haver uma ou outra cunha, mas ainda assim, o CEAGP revela-se a forma mais transparente de ingressar na função pública. Concurso Público com prestação de provas (ou seja, ainda que a “fotografia” exista, a prova tem que ser muito boa para caber na seleção). No meu ano, não houve entrevista, o que seguramente, maximizou a transparência do processo.

  14. ana diz:

    a ver pela forma como a directora do ceagp entrou sem consurso e falsificando os documentos de habilitação, o processo deve ser mesmo transparente; uns são filhos os outros cunhas

  15. pedro diz:

    eu também quero comprar uma entrada na administração pública a 5000 euros

    • Excelsior diz:

      OK, então estuda, Pedro, porque não há outra forma de passar no exame do concurso de admissão, nem de concluir o curso com aproveitamento. Cinco mil euros pagam a formação ministrada pelo INA, não a entrada na Administração Pública. De facto, para ser admitido em funções públicas, para além de uma boa nota relativa no exame de admissão (cuja correcção é cega, ou seja, efectuada por computador de forma totalmente imparcial), é também necessário concluir o curso, durante um ano lectivo, o qual inclui cerca de vinte disciplinas e um trabalho final, com média igual ou superior a 12 valores.
      Não há almoços grátis. Também não há almoços fáceis. O CEAGP é a forma mais dura e mais ligada ao mérito de entrada na Administração Pública.

      • pedro diz:

        É justo e imparcial para quem tem 5000 euros. E os outros que não podem pagar? Como é que se pode estabelecer um valor para entrar na AP? Parece-me claramente que a imposição de uma propina para entrar na AP viola o princípio da igualdade

  16. pedro diz:

    bando de corruptos, é este o país que temos e ninguém faz nada

  17. ana diz:

    A prova escrita não garante nada! Basta ter acesso à mesma antes do dia do teste……

  18. Lima diz:

    Boa noite
    Alguém que já frequentou o curso, pode me facultar apontamentos/perguntas dos anos anteriores? Talvez seja possível encontrar informações na biblioteca do ina

    Boa sorte a todos

  19. pedro diz:

    A composição do júri em 2003, aviso nº6975/2003 (2ª série), dr nº144, de 25 de Junho de 2003, página 9415:
    10 — Júri (composição):
    Presidente — Dr. José António Bagulho França Martins.
    Vogais efectivos:
    Prof.a Doutora Maria Helena da Cunha Rato (que substituirá
    o presidente em caso de impedimento).
    Prof.a Doutora Lúcia Maria Ezaguy de Almeida Simões.
    Vogais suplentes:
    Engenheiro Rui Afonso Lucas.
    Dr.a Maria Fernanda Rodrigues Mendes Andrade.
    Mestre César Nuno Grima Madureira.
    11 de Junho de 2003. — O Presidente, Luís Valadares Tavares.

    Como podem verificar a Lucia Ezaguy Simões era “professora doutora”, ao lado da Professora Doutora Helena Rato

  20. pedro diz:

    Em 2011, deixou de ser professora doutora para ser apenas Dra. (licenciada), mas a professora doutora Helena Rato mantém a mesma designação (aviso nº 10348/2011, dr, 2ª série, nº88, de 6 de Maio de 2011, pág. 19663):
    9 — Júri do concurso (em observância do artigo 7.ºda Portaria
    n.º 213/2009, de 24 de Fevereiro de 2009):
    Presidente:
    Professora Doutora Maria Helena Rato
    Vogais efectivos:
    Dr.ª Lúcia Maria Esaguy de Almeida Simões (que substituirá o presidente,
    em caso de impedimento)
    Dr. David Ferraz
    Vogais suplentes:
    Dr.ª Marina Pereira
    Drª Cristina Rouxinol
    2 de Maio de 2011. — O Presidente do Conselho Directivo, Francisco
    Ramos.888888

    Nesta ocasião a Dona lucia simões já teve que admitir que não tinha doutoramento nem mestrado e que nunca tinha dado aulas em nenhuma universidade. Agora só falta admitir que nem licenciatura tem.
    Mas o ina que participou na mentira, não o quer admitir, porque aí como explicar o ordenado milionário de 6000 euros????!!!!
    De qualquer forma já estamos perante um crime, que dá pena de prisão. O que seria se tivesse que devolver o dinheiro que recebeu, quando só tinha competência para ser uma administrativa

  21. luisa diz:

    bom dia!
    estou interessada em candidatar-me ao ceagp e gostaria de ver exames dos anos anteriores, se puderem ajudar, agradecia.
    o meu mail é luisadbatista@hotmail.com.

    obrigada,
    luísa

  22. Pingback: De INA, a, novamente, Instituto Nacional de Administração ? | Comunicar

  23. Luisa Sousa diz:

    Por favor, se alguém tem os exames da prova escrita de conhecimentos ara ingresso no CEAGP por favor enviem para o meu mail: luisadesousa11@hotmail.com
    Obrigada
    Luisa

  24. Daniel diz:

    Por favor, se alguém tem os exames da prova escrita de conhecimentos ara ingresso no CEAGP por favor enviem para o meu mail:
    Daicosta@sapo.pt

    Obrigado

  25. Alexandra diz:

    OlÁ! Podem-me arranjar exames de edições anteriores para o concurso. O meu e-mail é xana.soares@gmail.com. Obrigada Alexandra

  26. Maria Lucas diz:

    Bom Dia,

    Se puderem enviar os exames e/ou apontamentos para o exame, agradecia. Toda a ajuda é preciosa.

    Obrigada.

  27. susana diz:

    Bom dia, quem quiser exames anteriores, apontamentos, documentos distribuidos nos cursos de preparação, etc, basta colocar aqui o seu e. mail que eu envio. Susana

  28. du diz:

    Eu quero uma equivalência, parece que o ina dá de graça….

  29. Cordeiro diz:

    Boa tarde,
    alguém me pode arranjar exames anteriores e apontamentos? O email é cordeiro.arr@hotmail.com.
    Obrigado e boa sorte a todos

  30. paula diz:

    Olá!!! Alguém tem exames de anos anteriores? Será que pode enviar, o mail é paulabastos2@hotmail.com

    Muito obrigada e boa sorte a todos

  31. Carla diz:

    Boa noite Sra. Susana, agradecendo desde já a sua disponibilidade também eu solicitava se me pudesse enviar exames anteriores, apontamentos, documentos distribuídos nos cursos de preparação, etc, carlapmgoncalves@gmail.com

  32. Carla Rodrigues diz:

    Bom dia também gostaria de pedir alguns exames dos anos anteriores ou algo que possa ajudar para preparar para o exame escrito de admissão ao CAEGP 14º EDIÇÃO 2013-2014

  33. val diz:

    Bom dia cara Susana. Estou interessada neste curso. Será possível enviar-me os exames dos anos anteriores, bem como os apontamentos? Frequentou o curso? Será que me poderia falar um pouco da sua experiencia relativamente a este?
    Grata por tudo.
    valentinajolie99@gmail.com

  34. joao diz:

    Eu não quero fazer o curso, quero antes uma equivalência, pode ser em mestrado em economia, não espera, pode ser doutor em direito, epá, tanto faz, o quê que o ina tem aí à mão para dar?
    E já agora também em empregozito, metem tantos amigos, não têm um lugar para mim?

  35. lu diz:

    INA? o que é isso?, deixem mas é as universidades fazerem o que sabem, do que entregarem esses cursos a analfabetos. Que conhecimentos tem esse instituto? quem são os professores q ninguem conhece?

    • AB diz:

      Quando os profs. Universitários que falam da administração perceberem do que estão a falar, então aí poderia pensar-se em entregar o CEAGP as universidades, tal como acontece com alguns cursos de alta direção… Talvez essa experiência seja suficiente para perceber que a formação ministrada no INA é incomparavelmente melhor. Tenho muito orgulho na formação que tive no Ceagp, das melhores e mais exigentes que alguma vez tive, mesmo tendo eu passado por várias das melhores faculdades do pais em cursos de especialização, pós-graduação mestrado, antes do processo de Bolonha e ter estudado nos EUA durante 1semestre… Aconselho a todos aqueles que pretendam contribuir para uma melhor AP, a frequentarem o CEAGP… Não é para todos! O exame é só a 1 etapa de quase um ano muito árduo de trabalho, e não só… E os resultados estão à vista, pois qualquer Ceagpiano é, regra geral, melhor que qualquer funcionário público que não tenha passado por essa experiência… Depois do CEAGP qualquer discussão no trabalho, uma tese de mestrado e até mesmo doutoramento parece ser a coisa mais simples…. Tenho muito orgulho por fazer parte da família ceagpiana e se pudesse repetia a experiência. Tenho muito orgulho em poder dizer que entrei por mérito na AP! Pode não acontecer em todos os casos, pode haver fugas, sim, pode, mas este método e o que garante maior imparcialidade e isenção no recrutamento da AP. Isto não é para fracos!

      • carlos diz:

        ola estou a prtecisar desesperadamente de materia para estudar e de exames de anos anteriores , se me pudesse arranjar lguma coisa seria optimo meu mail carlos.reis.usalma@gmail.com 965871766

      • Paulo Sérgio diz:

        Exmo. Sr:

        Verifico que já frequentou a CEAGP e dele tem uma boa imagem e experiência.
        Estou a pensar em este ano candidatar-me a essa formação.
        Assim, se fosse possível, e não querendo tomar-lhe muito tempo, tem exames ou algum material que possa enviar-me por e-mail?
        Se tiver e puder enviar-me essa informação agradecia que o fizesse para o e-mail paulsergiolopes@gmail.com. É mesmo Paulo em inglês, paul que consta no endereço electrónico.

        Obrigado.

        Com os melhores cumprimentos,

        Paulo Sérgio

      • Boa tarde, estou interessada em obter documentação para estudar para a prova de seleção. Se for possível fazer-me o envio de documentação de ano anterior para o email maranhota@gmail.com, ficaria grata. Obrigada. MR

  36. Carlos Martins diz:

    Cara Susana, é possivel enviar-me cópias dos exames dos anos anteriores?

    Desde já o muito obrigado.

    Carlos Martins – carlos_martin@sapo.pt

  37. Manuel Silva diz:

    Bom dia, Susana,

    poderia facultar-me os testes supracitados ?

    Manuel.dasilva@sapo.pt

    Obrigado,
    Manuel Silva

  38. Joaquim Guia diz:

    Bom dia,
    Solicitava também se me pudessem enviar exames anteriores, apontamentos, documentos distribuídos nos cursos de preparação ou outra documentação, joakim_guia@hotmail.com
    Obrigado

  39. joão diz:

    Boa tarde,

    Se for possível, agradecia imenso que me facultassem exames anterior e a bibliografia ou apontamentos que servem de base ao Exame, para o seguinte e-mail: jm.soares.rodrigues@gmail.com

    Um muito obrigado

  40. Marisa diz:

    Bom dia Sra. Susana, agradecendo desde já a sua disponibilidade também eu solicitava se me pudesse enviar exames anteriores, apontamentos, documentos distribuídos nos cursos de preparação, etc, marisawork@hotmaill.com.
    Desde já muito Obrigada.

  41. Marisa diz:

    Bom dia Sra. Susana, agradecendo desde já a sua disponibilidade também eu solicitava se me pudesse enviar exames anteriores, apontamentos, documentos distribuídos nos cursos de preparação, etc, marisawork@hotmail.com.
    Desde já muito Obrigada.
    Responder

  42. Cristiana Vaz diz:

    Boa tarde,
    também estou interessada em candidatar-me e, se fosse possível, agradecia igualmente que me facultassem exames anteriores e a bibliografia para estar para o seguinte e-mail: cristiana8v@gmail.com.

    Muito obrigada

  43. PAtricia Barros diz:

    Boa noite,

    Também estou a pensar em candidatar-me e, como tal, agradecia se me pudessem enviar a documentação de apoio ao estudo, exames anteriores e toda a documentação que me possa ajudar.
    O meu e-mail é: pati_titag@hotmail.com
    Obrigada
    Patricia Barros

  44. Maria Morais diz:

    Boa Noite,

    Susana ou outra pessoa pode reencaminhar os apontamentos, exames ou documentação importante para o concurso: mariaemorais@gmail.com
    Obrigada.

  45. Nuno diz:

    Bom dia.
    Sr. Susana ou alguém que possa ter, se me pudesse remeter anteriores exames ou materiais relevantes do CEAGP, agradecia imenso! 😉 o meu email: university_applicant@hotmail.com

    Obrigado,

    Nuno

  46. Maria diz:

    Bom dia,

    Inscrevi-me na 15.º edição e gostaria, se possível, que me fossem facultados exames e apontamentos de anos anteriores.

    email: mabsfp@hotmail.com

    Obrigado!!!
    Maria Pereira

  47. Mara Dias diz:

    Bom dia
    Inscrevi-me nesta edição e gostaria muito, que me fossem facultados os exames dos anos anteriores.

    email: mara_0408@hotmail.com
    muito obrigada

    Mara Dias

  48. Maria Luísa Melo diz:

    Boa Tarde
    Inscrevi-me nesta edição e gostaria muito, que me fossem facultados os exames dos anos anteriores.

    Obrigada

    Luísa Melo

    luisa.sousavales.melo@gmail.com

  49. Rita Santos diz:

    Boa Tarde
    Inscrevi-me nesta edição e gostaria muito, que me fossem facultados os exames dos anos anteriores.

    Obrigada
    Rita Santos

    rita.gorgulhosantos@gmail.com

  50. Catarina Marques diz:

    Boa noite. Estou a estudar para esta edição e agradecia que me facultassem exames anteriores. Muito obrigada!!! Espero que alguém me possa ajudar 🙂

    catarinaazevedomarques@gmail.com

  51. Sandra Lopes diz:

    Olá boa tarde!!!!
    Candidatei-me ao 16º edição do curso. Agradecia se me pudessem enviar as provas de conhecimentos de anos anteriores e toda a documentação que me possa ajudar.
    O meu e-mail é: ssv_lopes@hotmail.com
    Muito agradecida
    Sandra Lopes

    • Ana diz:

      Olá Sandra!
      Conheces alguém que tenha frequentado o curso de preparação? Achas que vale a pena?
      O CEAGP tem exames ou testes? É difícil concluir?

  52. Mário Castro diz:

    Boa noite.
    Coloco uma questão e um pedido.
    Começo pela questão, os cursos de preparação fornecem a bibliografia recomendada para o exame?
    O pedido, é o envio de provas de conhecimentos de anos anteriores e demais documentação facilitadora.
    email: marinho_castro@hotmail.com

    Obrigado

    Mário Castro

  53. Mafalda Ferrão diz:

    Boa noite,
    Depois de muita indecisão e incertezas decidi Candidatar-me à 16º edição do curso da CEAGP. Agradecia que alguém me pudesse ajudar nesta questão e facultar provas de anos anteriores tal como toda a documentação que ache que possa ajudar consoante a sua experiência anterior.
    email: mafaferrao@gmail.com

  54. Tojão diz:

    Boa tarde,
    Coloco o mesmo pedido das pessoas anteriores. Seria possível partilharem os exames e o material de estudo que tenham? Alguém disponível para partilhar experiência sobre a entrevista e os resultados do CEAGP para o seu percurso profissional?
    email: tojaocordeiro@gmail.com

    Obrigado e sucesso para todos
    Tojão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s