Sobre o artigo publicado em co-autoria

O Público escolheu o dia de hoje, em que serão conhecidas as ideias do Governo sobre a taxa social única, para publicar um artigo subscrito por João Paulo Mendes, docente do IP Portalegre, e por mim sobre as propostas do primeiro relativas à dinamização da criação de emprego através da redução da TSU. O artigo aparece em co-autoria, mas quem aqui seguiu a publicação de posts perceberá que me limitei a adicionar umas linhas a um texto que já explicava muito claramente a ideia.  
 
Das várias propostas até agora formuladas, talvez seja a da UGT a de mais fácil administração e a mais facilmente reversível , sendo a de João Paulo Mendes a de maior impacto sobre a criação de emprego.
 
Temo, que, por isso mesmo, a proposta seja ignorada.É que o modelo de Vítor Gaspar parece encarar o presente agravamento de desemprego, que se prolongará  em 2012, não como uma consequência indesejável de políticas restritivas, mas como um objectivo que permitirá, pela degradação do rendimento disponível, reduzir as exportações, e, pela perda de peso no mercado de trabalho, retirar aos trabalhadores qualquer possibilidade de conseguirem melhorias salariais.   Em linha aliás com o modelo aplicado pelo FMI em 1983.

Sobre ivogoncalves

64 anos Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia, Mestre em Administração e Políticas Públicas pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Doutor em Sociologia, especialidade de Sociologia Política, pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Detém Diploma de Estudos Avançados (3º Ciclo) em História Moderna e Contemporânea da mesma instituição. Domínios de actividade profissional: Gestão Orçamental Pública, Auditoria e Fiscalização, Recuperação de Empresas como dirigente, técnico ou consultor e formador. Outros domínios de interesse: Sistemas de Informação. Docente do ensino superior de Setembro de 1976 a Maio de 1985 no Instituto Superior de Economia, e de Outubro de 1985 a Julho de 2010 no Instituto Superior de Gestão (integrado actualmente no Grupo Lusófona). Membro nº 15 da Ordem dos Economistas. Pertence ao Colégio de Economia Política e ao Colégio de Auditoria. Membro nº 1385 do Instituto Português de Auditoria Interna. Sócio nº 20831 da Sociedade de Geografia de Lisboa.
Esta entrada foi publicada em Cidadania, Economia, Empresas. ligação permanente.

Uma resposta a Sobre o artigo publicado em co-autoria

  1. Pingback: Os caça – salários atacam outra vez | Comunicar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s